Governo chileno confirma morte de cinco pessoas em terremoto

O terremoto atingiu a área próxima à cidade de Iquique

EBC Brasil

02 de abril de 2014 | 06h25

O governo chileno confirmou nesta quarta-feira (2) que cinco pessoas morreram no terremoto que sacudiu o norte do Chile na noite dessa terça-feira (1º). É o primeiro grande problema que a presidenta Michelle Bachelet enfrenta desde a sua posse, no último dia 11.

Em 2010, quando ela concluiu o primeiro mandato presidencial, o Chile sofreu um dos piores terremotos da história recente. As autoridades chilenas mantêm o estado de alerta de tsunami.

O terremoto, de magnitude 8,3 na escala Richter, atingiu a área próxima à cidade de Iquique - principal porto mineiro e exportador -, provocando ondas de 1,8 metro de altura. O incidente provocou alerta de tsunami no Chile e em mais três países da costa do Oceano Pacífico latino-americano - Peru, Equador e Colômbia.

Tudo o que sabemos sobre:
ChileterremotoIquique

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.