Governo da Argélia deve permitir protestos, diz França

A França pediu hoje que a Argélia permita a realização de protestos contra o governo no país, sem reprimi-los de forma violenta. As manifestações na Argélia são inspiradas pelos levantes ocorridos no Egito e na Tunísia.

AE, Agência Estado

14 de fevereiro de 2011 | 11h05

"O que é importante aos nossos olhos é que a liberdade de expressão seja respeitada e as manifestações possam ocorrer livremente e sem violência", afirmou um porta-voz do Ministério das Relações Exteriores, Bernard Valero.

Os Estados Unidos e a Alemanha pediram ontem que as autoridades argelinas demonstrem moderação diante dos atos de oposição. No sábado, uma grande operação impediu 2 mil manifestantes de protestarem em Argel. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
ArgéliaprotestosFrança

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.