Governo da Bolívia anuncia 30ª morte por gripe suína

O Ministério da Saúde da Bolívia confirmou a morte de uma menina de seis anos por complicações decorrentes do vírus da Influenza A (H1N1), conhecida como gripe suína. Com esta morte, sobe para 30 o número de vítimas da doença na Bolívia. O diretor de epidemiologia do Ministério da Saúde, René Lenis, disse que a menina faleceu no final de agosto em uma região no sul do país. Ele reconheceu que as medidas preventivas foram relaxadas nas últimas semanas, o que poderá provocar um retorno da gripe. Até o final da semana passada, 1.500 pessoas haviam sido contaminadas com o vírus da doença.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.