Governo da China afirma ter desarticulado grupo terrorista em Xinjiang

Segundo Ministério de Segurança Pública, dez pessoas foram presas junto a explosivos

Reuters,

23 de junho de 2010 | 23h28

PEQUIM- O governo da China afirmou nesta quarta-feira, 23, que desmantelou um grupo terrorista operante na conturbada região oeste de Xinjiang, quase um ano após a violência étnica na capital regional ter deixado cerca de 200 pessoas mortas.

 

O Ministério de Segurança Pública afirmou em um comunicado que mais de dez pessoas foram presas e explosivos foram apreendidos.

 

A China culpa o que o governo classifica como separatistas violentos que operam na região de Xinjiang por ataques contra a polícia e outras instituições do governo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.