Governo da Síria anistia autores de pequenos crimes

O presidente da Síria, Bashar Assad, emitiu uma ordem de anistia para diversos crimes menores, numa decisão tomada, aparentemente, em homenagem ao aniversário da morte do pai de Assad. Foram anistiados os autores de crimes como furto, falsificação, deserção e delitos de colarinho branco, informa a agência de notícias Sana. O édito cobre atos criminosos cometidos antes de 10 de junho, data do terceiro aniversário da morte de Hafez Assad. A anistia beneficiará tanto os já presos como os que se encontram em julgamento. Fugitivos que quiserem se beneficiar da medida devem se entregar dentro de três meses.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.