Governo da Síria reconhece Estado palestino

O Ministério de Relações Exteriores da Síria informou hoje que o país reconhece o Estado palestino tendo Jerusalém Oriental como sua capital e com as fronteiras pré-Guerra dos Seis Dias, ocorrida em 1967.

AE, Agência Estado

18 de julho de 2011 | 13h32

"A Síria reconhece o Estado palestino nas fronteiras de 4 de junho de 1967 e em Jerusalém Oriental como sua capital, tendo por base a preservação dos direitos legítimos dos palestinos", diz um comunicado da chancelaria síria. O país "vai tratar o escritório da Organização para a Libertação da Palestina (OLP) em Damasco como um embaixada a partir da publicação deste comunicado".

O projeto palestino de pedir o reconhecimento do Estado palestino durante a Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU) em setembro, quando vai acontecer a reunião do órgão, sofre oposição de Israel, que afirma que o progresso das negociações só pode ser alcançado por meio de tratativa de paz. O pedido palestino para afiliação à ONU será submetido à Liga Árabe, disse na última quinta-feira no Catar o líder da organização Nabil Al-Arabi. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
estado palestinoreconhecimentoSíria

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.