Governo da Turquia afasta 350 policiais em Ancara

A agência estatal de notícias turca Anatólia informou que cerca de 350 oficiais de polícia foram afastados de seus postos na capital Ancara, enquanto o governo mantém seu combate a um escândalo de corrupção no qual estão envolvidos ministros do governo.

Agência Estado

07 de janeiro de 2014 | 10h32

Afirmando ser alvo de uma conspiração, o governo do primeiro-ministro Recep Tayyip Erdogan afastou centenas de chefes de polícia e oficiais desde que as autoridades policiais deram início a ações contra aliados próximos de Erdogan, em 17 de dezembro.

O premiê afirma que seguidores de um movimento islâmico liderado pelo clérigo Fethullah Gulen, que vive nos Estados Unidos, se infiltraram no Judiciário e na polícia e usam seus poderes para atacar o governo.

A agência privada de notícias Dogan disse que os policiais afastados foram realocados em departamentos de tráfego e delegacias de polícia fora da cidade. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Turquiacorrupçãopoliciais

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.