Governo de coalizão do Reino Unido completa cem dias em alta

Pesquisa aponta que britânicos acreditam nos benefícios das medidas de austeridade econômica

Efe

18 de agosto de 2010 | 05h50

O premiê e seu vice no dia em que anunciaram a coalizão.

 

LONDRES - O primeiro governo de coalizão do Reino Unido em mais de meio século comemora cem dias nesta quarta-feira, 18, celebrando o apoio popular comprovado por pesquisa de opinião realizada pelo instituto ICM a pedido do jornal The Guardian.

De acordo com o levantamento, 46% dos participantes da pesquisa consideram que a aliança entre conservadores e liberal-democratas faz "um bom trabalho", contra 36% que discordam.

A pesquisa mostra ainda que 44% dos britânicos acreditam que as medidas de austeridade econômica adotadas pelo Executivo comandado pelo conservador David Cameron trarão benefícios à economia do país, enquanto 37% pensam que não.

Como Cameron está de férias, é o vice-primeiro-ministro Nick Clegg, liberal-democrata, o encarregado de representar o governo à frente dos eventos previstos na agenda. Na última segunda-feira, Clegg defendeu em ato público em Londres os progressos conquistados pela coalizão nestes primeiros cem dias de mandato.

Os conservadores e os liberais se aliaram em um governo de coalizão depois que não houve maioria absoluta para nenhuma formação nas eleições gerais britânicas, realizadas no último dia 6 de maio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.