Governo de Israel deporta 120 ativistas

Israel anunciou ontem a deportação de 120 ativistas favoráveis à causa palestina durante o fim de semana. Eles chegaram ao país para participar de uma semana de atividades na Cisjordânia. Mais de 600 manifestantes chegaram ao país na sexta-feira pelo aeroporto de Tel-Aviv. Israel impediu a chegada de ativistas, pedindo às companhias aéreas que impedissem o embarque de 350 pessoas. Cerca de 40 ativistas que já estavam em Israel foram detidos e transferidos à prisão de Ber Sheva, no deserto do Neguev.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.