Governo de Israel promove obras na Cisjordânia em busca de votos, diz fonte

O governo de Israel está colocando milhões de dólares

Estadão Conteúdo

23 de dezembro de 2014 | 22h01

em assentamentos judaicos na Cisjordânia tendo em vista as eleições nacionais, destacam autoridades. O movimento é visto pela oposição como uma manobra política destinada a conquistar os eleitores linha-dura.

Fontes afirmam que os gastos estão sendo apoiados pelo ex-ministro das Finanças, Yair Lapid, do partido centrista Yesh Atid, que foi demitido no início deste mês em um movimento que ajudou a desencadear as eleições antecipadas.

Lapid, que criticou alguns gastos como sendo um desperdício de dinheiro, esta

semana pediu ao procurador-geral de Israel para interromper a transferência de fundos, alegando que o movimento foi politicamente motivado. Lapid destacou que o dinheiro deveria ser destinado à classe média de Israel, ao invés de financiar infraestrutura em áreas isoladas da Cisjordânia, que podem ser desfeitas se Israel se retirar do território

em um futuro acordo de paz. Fonte: Associated Press

Mais conteúdo sobre:
Israeleleições

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.