Governo de união palestino será formado na 2ªfeira

A formação de um governo de união palestino apoiado pelas facções rivais Hamas e Fatah será anunciado na próxima segunda-feira, afirmou o presidente da Palestina, Mahmoud Abbas, acrescentando que Israel já alertou que boicotará nova aliança.

Agência Estado

31 Maio 2014 | 18h23

O grupo militante islâmico Hamas, que tomou o controle da Faixa de Gaza de Abbas em 2007, é considerado um grupo terrorista por Israel e pelo Ocidente.

O governo de união deverá ser formado por tecnocratas apoiados por ambos os lados e se preparar para as eleições gerais em 2015. O estabelecimento de um governo desse tipo seria o passo mais significativo em sete anos para acabar com a divisão política palestina.

Nos últimos dias, ocorreram desacordos de última hora em relação os integrantes do Gabinete, mas Abbas sugeriu neste sábado que os problemas foram resolvidos. "O anúncio do governo será na segunda-feira", disse o presidente palestino durante uma reunião com dezenas de ativistas franceses pró-Palestina. "Os israelenses nos informaram hoje que nos boicotarão imediatamente depois de formarmos o governo", acrescentou. Ele disse também que "nós reagiremos a qualquer ação israelense", sem fornecer mais detalhes.

Um alto funcionário do governo israelense afirmou, por sua vez, que a formação de uma governo de união palestino "é um grande salto para trás", mas se recusou a dizer se Israel adotará uma ação punitiva. Fonte: Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
Palestina Governo de União

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.