Daniel Leal-Olivas / AFP
Daniel Leal-Olivas / AFP

Governo deve considerar 'desejo do parlamento', diz ministro da Justiça do Reino Unido

Câmara dos Comuns debaterá opções nesta segunda-feira, na tentativa de encontrar uma estratégia que tenha apoio da maioria da casa

Redação, O Estado de S.Paulo

31 de março de 2019 | 10h58

LONDRES - O ministro da Justiça do Reino Unido, David Gauke, sinalizou que o governo pode começar a ter uma abordagem mais conciliatória para o Brexit enquanto o Parlamento se prepara para nova rodada de votações sobre alternativas para o acordo de retirada da União Europeia negociado pela primeira-ministra Theresa May

Gauke afirmou à BBC neste domingo que o governo "precisaria considerar com muito cuidado o desejo do Parlamento", embora ele não tenha se comprometido a apoiar um acordo que parlamentares possam aprovar. Em meio a informações de que May planeja uma quarta votação do seu acordo de retirada, Gauke afirmou que ela está "refletindo sobre suas opções".

A Câmara dos Comuns debaterá opções nesta segunda-feira, na tentativa de encontrar uma estratégia que tenha apoio da maioria da casa. Parlamentares rejeitaram o acordo de May com a União Europeia pela terceira vez na semana passada, embora a derrota tenha sido por menos votos - 58. Fonte: Associated Press

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.