Governo diz que não negociará com Sendero

O ministro da Defesa peruano, Daniel Mora, descartou ontem a possibilidade de negociação com os militantes remanescentes do movimento armado Sendero Luminoso, em resposta ao pedido do "camarada Artemio", um dos comandantes da milícia maoista. Mora afirmou que a única saída do militante é entregar-se. Segundo o ministro, o pedido de negociação indica que a "captura (de Artemio) é iminente".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.