Governo do Chade diz ter matado 125 rebeldes

O governo do Chade informou que o Exército derrotou uma coluna rebelde que estava se dirigindo para a capital do país, mas os rebeldes negaram a afirmação. Os rebeldes chadianos tentam derrubar o presidente Idriss Deby há mais de três anos. O ministro das Comunicações Mahamat Hissène disse que os soldados mataram 125 rebeldes e capturaram 152, dentre eles o alto comandante Mahamat Amoda Bechir, durante um confronto ocorrido ontem na cidade de Am Dam, leste do país, localizada a 590 quilômetros da capital, N''Djamena.

AE-AP, Agencia Estado

08 de maio de 2009 | 17h28

"A coluna que adentrou (Am Dam) foi completamente aniquilada", disse o ministro interino da Defesa, Adoum Younousmi. Mas os rebeldes afirmaram hoje em seu site na internet que derrotaram as forças do governo e em breve fornecerão mais detalhes. Mais tarde, o ministro das Comunicações disse que o Exército destruiu 60 veículos pertencentes aos rebeldes em Haouich, que fica a sudeste de Am Dam. Ele não forneceu mais detalhes.

Tudo o que sabemos sobre:
Chadeviolênciamortes

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.