Governo do Haiti convoca eleições para 7 de fevereiro

O Governo haitiano marcou as eleições presidenciais e legislativas do país para o próximo dia 7 de fevereiro, informaram à EFE fontes governamentais. O Executivo tomou a decisão por meio de um decreto presidencial e independente da posição do Conselho Eleitoral Provisório (CEP), órgão encarregado da convocação e organização das votações. No entanto, o Governo do Haiti ainda não fez um anúncio público e oficial, e ainda terá uma reunião com o CEP antes de fazê-lo.No sábado passado, o Conselho de Segurança da ONU exigiu ao Governo interino do Haiti que convocasse até 7 de fevereiro o primeiro turno das eleições.Os 15 membros do Conselho anunciaram sua decisão numa declaração lida pelo embaixador da Tanzânia, Augustine Mahiga, em qualidade de presidente rotativo, após uma reunião de caráter urgente sobre a situação no país.Neste documento, o Conselho expressou sua máxima preocupação pelo último adiamento das eleições presidenciais e legislativas que estavam previstas para hoje, mas que foram postergadas de forma indefinida.Segundo o novo calendário oficial, o segundo turno acontecerá em 15 de fevereiro, enquanto o presidente eleito tomará posse em 29 de março. Inicialmente convocadas para 15 de novembro de 2005, as eleições foram adiadas sucessivamente para 20 de novembro, 27 de dezembro e 8 de janeiro.Aproximadamente 30 candidatos se apresentaram à eleição presidencial, enquanto 1.300 disputarão 130 cadeiras no Parlamento. Mais de três milhões de haitianos se inscreveram para votar neste pleito, o primeiro desde a queda, em 2004, do Governo do então presidente do país, Jean Bertrand Aristide, exilado na África do Sul.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.