Governo do Irã se propõe a discutir programa nuclear

O chefe de negociações nucleares do Irã, Ali Larijani, reiterou nesta quarta-feira, 11, que o governo está aberto para discutir sobre os temores e a precaução internacional com o programa nuclear do país. Segundo a televisão estatal iraniana, Larijani não deve aceitar as exigências dos negociadoresAs afirmações respondem a uma rejeição ao pedido do Conselho de Segurança da ONU para que Teerã suspendesse seu enriquecimento de urânio antes que os diálogos começassem."Qualquer proposta aceitável deve ser suficiente para alcançar um acordo, entendimento e o fim das preocupações dos dois lados", segundo Larijani disse após encontrar o ministro do Exterior afegão, Rangin Dadfar Spanta.Autoridades iranianas no passado afirmaram que não congelariam seu projeto de enriquecimento de urânio antes de começar a dialogar, dizendo que não faz nenhum sentido para o país renunciar à sua mais importante exigência antes de começar a negociar.Na segunda-feira, o Irã anunciou uma grande expansão do programa de enriquecimento de urânio e afirmou que 3 mil centrífugas começaram a operar.O Conselho de Segurança firmou o prazo para suspensão do programa para o final de maio, alertando que vai gradualmente aumentar a punição.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.