Governo do Iraque dialoga com grupos insurgentes

Negociações de paz entre o governo do Iraque e grupos insurgentes estão convergindo para um ponto comum, disse uma importante autoridade iraquiana nesta quarta-feira, 21.Saad Yousif al-Muttalibi, do Ministério do Diálogo e da Reconciliação Nacional, disse que nenhum dos grupos está ligado à Al-Qaeda no Iraque. Ele também disse que as negociações podem estar se aproximando de um estágio onde alguns dos grupos vão baixar suas armas.Não houve nenhuma trégua na violência, já que oito militantes ligados à Al-Qaeda morreram em confrontos com forças iraquianas e americanas perto da fortaleza de Falluja.Cinco policiais iraquianos também foram feridos nas batalhas, que duraram cerca de cinco horas. A Associated Press afirma que aviões de combate dos EUA participaram dos conflitos em Amiriyah, oeste de Bagdá.Outros cinco insurgentes morreram em uma batida americana em uma indústria de bombas próxima a Taji, a cerca de 20 quilômetros ao norte de Bagdá, segundo autoridades militares dos EUA."Uma das metas é uni-los em uma luta contra a Al-Qaeda. Estamos quase chegando perto e unindo forçar para atacar a Al-Qaeda e expulsá-la do Iraque".Em uma entrevista à BBC, o vice-presidente do Iraque, Tareq al-Hashemi, disse que acredita que "não há outro jeito a não ser conversar com todos", com exceção da Al-Qaeda.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.