Governo do Líbano aprova resolução da ONU

O governo do Líbano aceitou neste sábado por unanimidade a resolução 1701 aprovada na sexta-feira à noite pelo Conselho de Segurança da ONU, que pede o fim das hostilidades entre Israel e o Hezbollah.Após quatro horas de reunião em Beirute, o governo libanês - do qual participam dois ministros do Hezsbollah - concordou em aprovar o fim das hostilidades.Mohamed Fneish, ministro de Recursos Hidráulicos e membro do Hezbollah, disse que o grupo que participa do governo expressou suas reservas, em especial sobre a questão de uma cláusula da resolução que "dá a impressão de exoneração a Israel da responsabilidade pelos crimes" e culpa o Hezbollah pela guerra, que já dura um mês."Faremos oposição aos requerimentos da resolução com realismo, de maneira que sirva ao interesse nacional", acrescentou Fneish.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.