Governo do Marrocos detém seis suspeitos de terrorismo

O Ministério do Interior do Marrocos informou hoje que seis pessoas com conhecimentos sobre explosivos foram detidas, suspeitas de estarem preparando atentados com carros-bomba contra alvos nacionais e estrangeiros. Em comunicado, o ministério diz que os seis suspeitos fazem parte de uma rede terrorista que teria como alvo interesses estrangeiros no Reino do Marrocos, bem como forças marroquinas de segurança, tanto no país quanto no exterior.

AE, Agência Estado

27 de dezembro de 2010 | 17h13

A agência de notícias MAP, do governo marroquino, não informou quando os seis foram detidos e nem onde. O Marrocos é um destino turístico popular entre ocidentais e também é aliado dos Estados Unidos. O governo marroquino regularmente reprime fundamentalistas islâmicos, desde que um atentado matou 45 pessoas em Casablanca, em 2003. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Marrocosterrorismosuspeitosprisão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.