REUTERS/Claudia Daut
REUTERS/Claudia Daut

Governo do México instala Comitê Nacional de Emergências após terremoto

Tremor atingiu o país disparando o sistema de alerta na capital mexicana

O Estado de S.Paulo

17 Fevereiro 2018 | 09h38

CIDADE DO MÉXICO - O presidente do México, Enrique Peña Nieto, ordenou na sexta-feira, 16, a instalação por "protocolo" do Comitê Nacional de Emergências no Centro Nacional de Prevenção de Desastres, após o terremoto de magnitude 7,2 que atingiu o centro e sul do país.

Pelo twitter, o presidente indicou que, por se tratar de um terremoto de magnitude superior a 7, foi instalado tal órgão, encarregado de monitorar a emergência.

+++ Ministro mexicano sai ileso após acidente de helicóptero que sobrevoava região de terremoto

O Sistema de Proteção Civil de Oaxaca, o estado onde foi localizado o epicentro do movimento telúrico, indicou que até o momento só há informações sobre danos materiais, mas sem dar outros detalhes.

Na Cidade do México foi relatada a queda da fachada de um edifício no distrito central de La Condesa, uma região que foi gravemente afetada pelo terremoto do dia 19 de setembro do ano passado, assim como a queda de uma cerca em Tacuba.

O terremoto foi registrado às 17h39 (hora local) e teve seu epicentro a 11 quilômetros ao sul de Pinotepa Nacional, estado do sul de Oaxaca, e 57 minutos depois outro tremor voltou a sacudir o país, revivendo as cenas de pânico vividas pouco antes. /EFE

Mais conteúdo sobre:
Enrique Peña Nieto terremoto

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.