Governo do Nepal assina acordo de paz com rebeldes

O governo do Nepal e rebeldes comunistas assinaram, nesta terça-feira, um acordo mediado pela Organização das Nações Unidas (ONU) pedindo que os insurgentes se desarmem e não lutem mais. O acordo é parte de um amplo pacto de paz muito desejado na região. O pacto detalha como dezenas de milhares de rebeldes seriam confinados em sete campos principais sob a supervisão da ONU antes das eleições do ano que vem, disseram autoridades do país. O acordo - assinado pelo ministro do Interior Krishna Prasad Sitaula e o negociador do líder rebelde, Krishna Bahadur Mahara - segue conversas de paz entre os dois lados semana passada e marcam o fim de 10 anos de conflito no Nepal. O texto, de 12 páginas, foi imediatamente entregue a representantes da ONU para ser levado à sede da organização para aprovação pelo Conselho de Segurança.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.