Governo do Sri Lanka aceita acordo com rebeldes tâmeis

O governo do Sri Lanka anunciou hoje ter aceitado um plano para estabelecer um sistema federal por meio do qual compartilhará o poder com os rebeldes tâmeis, numa tentativa de pôr fim a uma guerra civil que já dura 19 anos. Recentemente, os rebeldes Tigres da Libertação do Tâmil Eelam renunciaram ao separatismo pelo qual vinham lutando desde 1983. Há 14 milhões de cingaleses e 3,2 milhões de tâmeis no Sri Lanka.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.