Governo do Zimbábue pressiona oposição por acordo

O jornal estatal Herald divulgou que o presidente do Zimbábue, Robert Mugabe, estabeleceu hoje como prazo para a oposição aceitar um acordo de divisão do poder. Segundo o jornal, Mugabe disse que se Tsvangirai não aceitar o acordo até hoje, ele formará seu próprio gabinete. Ainda de acordo com o Herald, o presidente zimbabuano culpou a Grã-Bretanha pelo fato de o líder oposicionista Morgan Tsvangirai recusar o trato. Tsvangirai disse que a proposta manteria o poder de Mugabe intacto, enquanto ele seria um primeiro-ministro sem poder de fato. Mugabe disse que a Grã-Bretanha quer "puni-lo", ao forçar que ele firme um acordo que ameaçaria sua política de tomar terras dos brancos e transferi-las para agricultores negros pobres.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.