Governo dos EUA fará triagem de passageiros de avião

Todas as pessoas que embarcaram em um vôo comercial nos Estados Unidos em junho terão suas informações de viagem repassadas ao governo americano, para que as autoridades testem um novo sistema de identificação de terroristas em potencial, informam agentes federais.A Administração de Segurança em Transporte planeja exigir que as companhias aéreas entreguem a informação em novembro. Nomes de passageiros serão conferidos com as listas de vigilância mantida pelo Centro de Triagem de Terroristas, administrado pelo FBI, como parte de um novo programa de triagem batizado de "Vôo Seguro".As listas trarão os nomes de pessoas selecionadas para análise adicional, suspeitas de terrorismo ou conhecidas como terroristas e pessoas proibidas de voar por representar "ameaça direta à aviação".Empresas aéreas já conferem os nomes dos passageiros com listas de vigilância, mas como parte da informação é secreta, as companhias não têm acesso às listas completas. A comissão que investigou os atentados de 11 de setembro exortou o governo a assumir a triagem.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.