Governo dos EUA promete investigar acidente em mina

A secretária de Trabalho dos Estados Unidos, Elaine Chao, manifestou pesar pela morte de 12 trabalhadores em uma mina de carvão na Virgínia Ocidental e prometeu que o governo federal vai averiguar as "causas da tragédia"."Nossos corações e preces estão com as famílias, os amigos e os entes queridos dos 12 mineiros que pereceram nesta tragédia. Nossas esperanças e orações estão com o mineiro que sobreviveu", disse Chao em comunicado."Como eles, o país esteve atento aos esforços heróicos das equipes de resgate e outros que foram ao lugar e colocaram suas vidas em risco tentando salvar seus companheiros", acrescentou.Por causa de uma explosão na segunda-feira na mina Sago, do condado Upshur, 13 mineiros ficaram presos em um túnel. Na noite de ontem, as equipes de socorro retiraram um homem vivo e encontraram os corpos de outros 12 trabalhadores.David Dye, que comanda interinamente a Secretaria de Trabalho para a Saúde e Segurança de Minas, disse que a investigação "avaliará todos os aspectos do acidente e a resposta, inclusive o cumprimento de todas as normas federais de saúde e segurança".A mina Sago, comprada em março pela International Coal Group, recebeu mais de 200 citações federais e 144 citações estaduais por infrações das normas de segurança em 2005.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.