Governo e grupo separatista buscam paz na Índia

Representantes da Frente Unida da Libertação de Assam (Ulfa), principal grupo separatista desse Estado do leste da Índia, se reúnem nesta terça-feira com o governo de Nova Délhi para tentar pôr fim a três décadas de violência.A Ulfa reivindica a independência de Assam e quer que o Exército indiano interrompa as operações militares contra seus membros, enquanto o governo assegura que está disposto a estudar as reivindicações desse grupo.A Frente Unida da Libertação de Assam é o principal grupo de mais ou menos 25 organizações armadas separatistas que atuam em sete Estados do nordeste da Índia para conseguir a independência ou uma ampla autonomia de seus territórios.Estes grupos, muitos deles tribais, acusam as autoridades de Nova Délhi de explorar seus recursos naturais e promover o assentamento de colonos de outras regiões do país, em detrimento ao desenvolvimento destas áreas e de sua população originária.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.