Governo e insurgentes firmam acordo para paz

O governo das Filipinas e o principal grupo rebelde muçulmano do país assinaram ontem um acordo preliminar, com o objetivo de amenizar a violência e a pobreza que há 40 anos tomaram conta da ilha de Mindanao, no sul do arquipélago filipino. O documento prevê a conciliação definitiva entre insurgentes e autoridades para 2016 e pretende dar ampla autonomia ao povo bangsamoro no país de predominância católica.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.