Governo e rebeldes do Sudão chegam a acordo sobre Darfur

Rebeldes sudaneses e o governo assinaram acordos para pôr fim às hostilidades em Darfur, região do Sudão imersa em uma grave crise humanitária, e garantir o acesso de grupos internacionais de ajuda à área. Pela primeira vez, o Sudão aceitou estabelecer zonas de exclusão aérea sobre Darfur, proibindo o vôo de aviões militares sobre território rebelde. Tanto os rebeldes quanto mediadores de paz da União Européia vinham exigindo a criação das zonas, depois que o governo foi acusado de bombardear vilarejos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.