Governo e rebeldes retomam diálogo de paz no Nepal

Os dirigentes da coalizão de governo do Nepal não conseguiram chegar a um acordo com líderes rebeldes comunistas durante a rodada de negociações de paz realizada neste domingo, mas marcaram uma nova reunião para daqui a dois dias.A reunião deste domingo - da qual participaram o primeiro-ministro Girija Prasad Koirala, líderes de sete partidos governistas e uma delegação chefiada pelo líder rebelde Prachanda - representou a retomada do diálogo de paz no Nepal, paralisado desde junho.Os representantes do governo nepalês tentam convencer os insurgentes a abandonarem as armas e a participarem de uma coalizão interina de governo.Por meio de um breve comunicado, o governo nepalês informou que a reunião transcorreu em meio a "uma atmosfera cordial" e anunciou que uma nova reunião ocorrerá na terça-feira."Todos estamos comprometidos com as discussões para a solução das divergências e com as buscas por um consenso", disse Jhalnath Janal, do Partido Comunista do Nepal, um dos principais sócios da aliança de governo, em comentários feitos antes do encontro.Jornalistas não tiveram acesso à residência do primeiro-ministro, em Katmandu, onde ocorreu o encontro deste domingo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.