Governo espanhol espera 3,5 mil voluntários para limpar óleo

O governo espanhol estimou que 3,5 mil voluntários devem para participar, neste final de semana, das tarefas de limpeza do litoral da Galícia, afetado pelo óleo que vazou do navio-petroleiro Prestige em novembro. Segundo o jornal A Voz da Galícia, o número de voluntários pode chegar a 10 mil devido feriado prolongado - hoje a Espanha comemorou o Dia da Constituição. O governo acredita que essa demanda pode provocar "um caos logístico" na região. "Não se pode equipar e ocupar todas essas pessoas", disse uma fonte do ministério do Meio Ambiente espanhol.A aparição de duas novas manchas de combustível no lugar onde o petroleiro Prestige afundou causou mais preocupação. "Por causa das correntes marítimas, as manchas não se movimentam muito", disse o vice-presidente do governo da Espanha, Mariano Rajoy, encarregado de coordenar a luta contra a maré negra. Rajoy confirmou também a presença de pequenas manchas de óleo nas costas da Cantábria, no norte, entre as regiões de Astúrias e País Basco. O Prestige apresentou problemas em 13 de novembro, provocando um grande vazamento de óleo combustível (entre 10 mil e 20 mil toneladas), próximo ao litoral da Galícia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.