Governo francês encerra estado de emergência

O governo da França informa que suspenderá à meia-noite de hoje o estado de emergência que vigora no país há quase dois meses. A emergência foi declarada em resposta à onda de distúrbios e manifestações violentas que se espalhou a partis dos subúrbios de Paris. Se não fosse suspenso, o estado de emergência ainda poderia vigorara por mais seis semanas."Considerando a situação nas últimas semanas, decidi encerrá-lo", disse o presidente Jacques Chirac. Ele disse que as medidas tinham sido tomadas em caráter preventivo e "estritamente temporário". Ele elogiou as autoridades por terem mostrado "plena mobilização para garantir que a lei fosse respeitada e favorecer o retorno da calma".Durante os distúrbios que irromperam no final de outubro, jovens atearam fogo a cerca de 9.000 veículos no país. O problema concentrou-se em subúrbios pobres, onde vivem imigrantes do norte e do oeste da África.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.