Governo grego rejeita pedido para fichar americanos

O vice-ministro das Relações Exteriores da Grécia, Andreas Loverdos, rejeitou hoje um pedido feito por um partido de oposição para que os americanos sejam fichados ao entrarem no país. Os gregos que viajam aos EUA necessitam de visto prévio e são fotografados e têm suas impressões digitais tiradas em aeroportos e portos de entrada segundo uma nova lei antiterrorismo. A Grécia é um dos poucos países da União Européia que não foram excluídos do novo programa, que permite que cidadãos de alguns países permaneçam por até três meses nos EUA sem visto. Loverdos afirmou ter recebido das autoridades americanas a certeza de que a Grécia será excluída em breve da lista de países que precisam de visto. "Então, este problema não mais existirá", afirmou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.