Governo impõe lei seca e proíbe porte de armas

O Ministério do Interior e o Judiciário da Venezuela proibiram ontem o consumo de bebidas alcoólicas em todo o território nacional. A medida deverá durar até terça-feira, quatro dias após o enterro do presidente Hugo Chávez. O Ministério da Defesa venezuelano também anunciou a suspensão de todos os tipos de porte de armas nos próximos dias e prometeu punir aqueles que saírem às ruas com qualquer espécie de armamento de fogo. A medida vigorará até a próxima semana, segundo o governo de Caracas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.