Governo interino do Egito estende estado de emergência por mais 2 meses

Medida está em vigor desde agosto, quando partidários de Morsi tomaram as ruas contra o golpe

O Estado de S. Paulo

12 Setembro 2013 | 11h28

CAIRO - O presidente interino do Egito, Adly Mansour, estendeu em dois meses o estado de emergência em vigor no país desde meados de agosto, informou seu porta-voz.

"O presidente Adly Mansour decidiu estender o estado de emergência...em dois meses", disse o porta-voz em comunicado. Mansour anunciou a medida em 14 de agosto.

Notícia em desenvolvimento

Mais conteúdo sobre:
Egitoestado de emergência

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.