Governo interino do Nepal se apresenta ao Parlamento

O novo Governo interino do Nepal, com a participação dos maoístas, se apresentará neste sábado ao Parlamento do país, como resultado do acordo fechado entre a aliança governista e representantes da guerrilha.Segundo os termos do acordo, os maoístas farão parte do Governo interino com cinco ministros. Seus nomes serão anunciados ao longo da sessão parlamentar.A integração dos ex-rebeldes no Gabinete interino estava prevista no acordo de paz assinado em novembro de 2006. O pacto acabou com uma década de luta, que causou cerca de 13 mil mortes.Os maoístas ocuparão os ministérios de Informação e Comunicação; Infância, Mulheres e Bem-estar Social; Desenvolvimento Local; Trabalhos e Projetos Físicos; e Assuntos Florestais e Conservação do Solo.Após a incorporação dos antigos rebeldes ao Gabinete, devem ser convocadas eleições para uma Assembléia Constituinte que deverá decidir se o Nepal continua sendo uma Monarquia ou se transforma numa República, como querem os maoístas. O pleito está previsto para junho.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.