Governo iraniano condena política brutal de Israel

O ministro de Exteriores do Irã, Manouchehr Mottaki, condenou nesta quinta-feira a "política brutal de Israel" no Oriente Médio e incitou os libaneses à união nacional para fazer frente aos desafios que o país enfrenta. "Condenamos a política brutal de Israel na região, destinada a criar um estado de caos e pânico", afirmou após reunir-se com o presidente do Líbano, Émile Lahoud.Mottaki, que chegou na quarta-feira à noite a Beirute para uma visita de dois dias, também mostrou sua repulsa aos "países que apóiam tal política, que só trará insegurança e instabilidade ao Oriente Médio". Ele acrescentou que "é um dever" dos países da região cooperar entre si e consolidar a segurança da região no futuro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.