Reuters
Reuters

Governo italiano deve aprovar novo decreto sobre rotas marítimas

Medida limitará trânsito marítimo em zonas de risco ambiental e aproximações do litoral

Ansa,

20 de janeiro de 2012 | 09h24

 ROMA - O ministro do Meio ambiente da Itália, Corrado Clini, anunciou que o Conselho de Ministros deve aprovar em sua reunião nesta sexta-feira, 20, o decreto sobre rotas marítimas 'de risco'.

 

Veja também:

som OUÇA: Capitão reporta apenas blecaute
som OUÇA: Capitão recebe ordens de voltar para o barco
blog RADAR GLOBAL: 'Volte a bordo, c...!' vira camiseta na Itália
tabela ESPECIAL: O naufrágio do Costa Concordia

 

O procedimento deverá limitar o trânsito marítimo em zonas de risco ambiental e as aproximações em pontos do litoral do país.

Ele disse que está sendo avaliada também a possibilidade de 'uma norma aplicável na Itália, mas sugerida também em nível internacional' para prever um 'duplo casco' para grandes navios de passageiros.

A proteção, segundo Clini, poderia estar prevista para embarcações nas quais a 'estocagem de combustível' supera um determinado limite.

O titular do Meio Ambiente ainda afirmou que os 'piores' incidentes estão relacionados a navios de passageiros, 'e não petrolíferos'.

 
Tudo o que sabemos sobre:
Costa ConcordiaItálianaufrágio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.