Governo Italiano estrutura plano para salvar Alitalia

O governo italiano está realizando negociações emergenciais com sindicatos e investidores para estruturar um plano para evitar que as operações da Alitalia sejam interrompidas. A empresa aérea decretou falência e seus vôos correm o risco de serem cancelados por falta de combustível. O plano de resgate seria estruturado de forma que investidores comprariam os ativos lucrativos da empresa e investiriam 1 bilhão de euros (cerca de US$ 1,4 bilhão). Também seriam necessários corte de salários e demissões, o que encontra a oposição dos sindicatos. O governo está tentando mediar as negociações que começaram no sábado e voltam a ser realizadas neste domingo. Na sexta-feira, as negociações foram interrompidas devido a falta de apoio dos sindicatos ao plano. Os investidores afirmaram, contudo, que a oferta permanece válida. (AE-AP)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.