Governo japonês suspende voos do Boeing 787

O governo japonês ordenou nesta quinta-feira a suspensão dos voos de todas as 22 aeronaves Boeing 787 Dreamliner utilizadas pela duas principais companhias do país. A medida ocorre um dia depois que um Boeing 787 Dreamliner, operado pela All Nippon Airways, realizou um pouso de emergência no sudoeste do Japão, por causa de um problema de bateria.

AE, Agência Estado

17 de janeiro de 2013 | 05h05

Foi o segundo incidente em pouco mais de uma semana envolvendo as baterias em aviões de alta tecnologia, o que levou Administração Federal de Aviação (FAA, na sigla em inglês) a suspender, por tempo indefinido, todos os voos do Boeing 787 Dreamliner. No dia 7 de janeiro, as baterias de um Japan Airlines 787 pegaram fogo no Aeroporto Internacional de Logan, em Boston.

O Ministério dos Transportes do Japão disse que investigadores da Boeing se juntarão a equipe de investigação do incidente da All Nippon Airways, juntamente com especialistas da FAA e do Conselho Nacional de Segurança de Transportes dos EUA.

As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Japãoboeingsuspensão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.