Governo oferece anistia a militantes islâmicos

O governo provisório da Somália ofereceu anistia aos militantes islâmicos que se rendam e prometam abrir mão da violência no país. Anunciada ontem, a decisão foi tomada no fim de semana, depois de a milícia Al-Shabab anunciar sua retirada da capital, Mogadíscio, para que a ajuda internacional chegue às vítimas da crise alimentar causada pela seca na região. O movimento, porém, diz que sua luta não acabou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.