Governo paga para que prostitutas saiam

A prefeitura de Córdoba, na Argentina, decidiu oferecer passagens a prostitutas de fora para que voltem a suas cidades de origem. A medida, muito criticada, faz parte de uma operação para fechar prostíbulos e processar os exploradores de mulheres.

O Estado de S.Paulo

01 de agosto de 2012 | 03h06

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.