Governo palestino renunciará em bloco

Primeiro-ministro da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Salam Fayyad, deixará o cargo

Efe,

14 de fevereiro de 2011 | 06h38

RAMALA - O primeiro-ministro da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Salam Fayyad, apresentará na manhã desta segunda a renúncia de seu Governo ao presidente Mahmoud Abbas, informou a agência de notícias palestina Maan.

Abbas aceitará a renúncia e, imediatamente, voltará a nomear Fayyad como chefe de Governo e lhe pedirá que forme um novo Executivo, indica a agência, que cita fontes oficiais.

Espera-se que a reforma governamental dure duas semanas e que o novo Gabinete inclua membros de todas as facções palestinas, e não só do partido Fatah, liderado por Abbas.

Também se prevê a redução do número de ministros, que dos 21 atuais passariam a ser 19.

A decisão acontece dias depois que Abbas anunciou a convocação de eleições presidenciais e legislativas para o próximo mês de setembro.

Tudo o que sabemos sobre:
Palestinainternacional

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.