Governo paralelo de López Obrador terá programa de TV

O ex-candidato presidencial mexicano Andrés Manuel López Obrador anunciou na quinta-feira que informará as atividades desua autoproclamada "Presidência legítima" num programa semanal de televisão dirigido pelo cineasta Luis Mandoki.López Obrador discursou na quinta-feira no estado de Yucatán, onde começará uma viagem pelos 2.500 municípios do país para organizar os representantes populares de seu "governo legítimo". Seu programa de televisão, que terá uma duração de 30 minutos, estréia na terça-feira, dia 9 de janeiro.O programa será divulgado em todo o país, de madrugada, pelo"Canal 13".López Obrador disse que a idéia do programa surgiu como umaresposta ao "cerco" informativo após as denúncias que apresentousobre uma suposta fraude nas eleições presidenciais de 2 de julho.O ex-candidato presidencial da esquerda mexicana afirmou quemuitos adversários querem que ele fique quieto. Mas afirmou que "se predominar uma só força e se só houver uma voz no país, então o povo terminará sendo escravo em sua própria terra".Ele prometeu percorrer todos os municípios do país paraimpulsionar um movimento que transforme o país "de baixo para cima, com o povo".O tribunal eleitoral deu como vencedor das eleições presidenciais de julho o conservador Felipe Calderón, por 0,56% dos votos. López Obrador afirma que o resultado foi fraudado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.