Governo pede que doações ao Haiti sigam lista da ONU

O Gabinete de Segurança Institucional (GSI) da Presidência da República pede, em nota divulgada nesta tarde, que os interessados em fazer doações às vítimas do terremoto no Haiti levem em conta a lista de produtos considerados prioritários pelas Nações Unidas. A lista inclui medicamentos, água engarrafada e alimentos de consumo imediato, como leite longa vida, sucos em caixa, achocolatados, biscoitos, barras de cereais, frutas desidratadas e enlatados.

LEONENCIO NOSSA, Agencia Estado

18 de janeiro de 2010 | 20h24

Os interessados em contribuir devem entrar em contato com as unidades de Defesa Civil nos Estados ou pelo site www.defesacivil.gov.br. Para doar medicamentos ou oferecer serviços médicos, as pessoas podem entrar em contato pelo endereço na internet missaodeajudahaiti@saude.gov.br.

O endereço para outras ofertas é o saei@planalto.gov.br. O gabinete informou ainda que, no caso de doações em dinheiro, podem ser feitos depósitos nas contas da Embaixada do Brasil no Haiti - Banco do Brasil, agência 1606-3, conta corrente 91000-7 - e do PNUD Haiti - Caixa Econômica Federal, agência 647, op 003, conta corrente 600-1.

Tudo o que sabemos sobre:
Haititerremotoajuda

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.