Governo pressiona juízes e até crítico de cinema

O governo da presidente Cristina Kirchner tem exercido forte pressão sobre juízes federais que deram pareceres contrários à Casa Rosada nas últimas semanas. No sábado, o senador kirchnerista Marcelo Fuentes anunciou que encaminhará nesta semana ao Conselho da Magistratura um pedido para que os juízes da Câmara Civil que adiaram a aplicação da Lei de Mídia para o Grupo Clarín sejam julgados.

BUENOS AIRES, O Estado de S.Paulo

10 de dezembro de 2012 | 02h02

Em meio à escalada da tensão, a crítica cinematográfica também foi alvo de pressões. Foi o caso do crítico Federico Karstulovich, colunista da revista El Amante del Cine, que recebeu telefonemas com ameaças em razão de um artigo sobre o filme Néstor Kirchner.

A obra, que consiste em uma série de apologias ao ex-presidente Nestor Kirchner, morto em 2010, foi financiada por governadores peronistas. A Federação Internacional de Imprensa Cinematográfica emitiu um comunicado repudiando as ameaças. Karstulovich, em sua coluna, disse que o filme era um "panfleto repetitivo, insistente e autocelebratório". / A.P.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.