Governo quer formar coalizão esta semana

O chefe do Ennahda, o principal partido islâmico da Tunísia, Rached Ghannouchi, disse ontem que ainda busca um nome para substituir o primeiro-ministro demissionário Hamadi Jebali, mas espera que um novo governo de coalizão seja formado ainda esta semana para encerrar a crise política. "Precisamos de um governo de coalizão com vários partidos políticos e tecnocratas", disse Ghannouchi, após reunião com o presidente Moncef Marzouki.

O Estado de S.Paulo

21 de fevereiro de 2013 | 02h01

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.