Governo rebate acusação sobre Zawahiri

O egípcio Ayman al-Zawahiri, substituto de Osama bin Laden no comando da rede terrorista Al-Qaeda, vive nas zonas tribais do Paquistão, de acordo com o novo secretário da Defesa dos Estados Unidos, Leon Panetta. Ele falou sobre Zawahiri no fim de semana, pouco antes de viajar para Cabul pela primeira vez como comandante do Pentágono - ele esteve no Afeganistão antes como diretor da CIA (agência americana de inteligência).

Gustavo Chacra, O Estado de S.Paulo

11 de julho de 2011 | 00h00

Autoridades paquistanesas reagiram à declaração pedindo aos americanos que repassem informações para que eles possam ajudar na captura do novo líder da organização terrorista. Bin Laden, que os EUA também diziam viver nas zonas tribais, na realidade estava em uma área residencial na cidade de Abbottabad, que também abriga uma academia militar.

Em Karachi, maior cidade e centro econômico do Paquistão, a violência que envolve dois grupos étnicos rivais se agravou nos últimos dias, com mais de cem mortos. As forças de segurança precisaram intervir na metrópole de 17 milhões de habitantes para conter o conflito.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.