Governo sírio ataca Latakia e mata pelo menos 25

Barcos sírios metralharam as regiões pobres de Latakia neste domingo, matando pelo menos 25 pessoas, em um novo ataque à cidade da costa do Mediterrâneo, informaram ativistas. À medida que os navios armados atacavam as regiões costeiras da cidade, tropas avançaram por terra, protegidos por tanques, que avançaram por vários bairros.

AE, Agência Estado

14 de agosto de 2011 | 16h59

Fortes explosões podiam ser ouvidas por toda a cidade. "Nós estamos sendo atacados por terra e pelo mar", disse um residente do distrito de al-Ramel, onde está localizado um campo de refugiados palestino. Segundo testemunhas, a artilharia é intensa, muitas casas foram destruídas e ladrões invadiram lojas e escritórios.

Pelo menos três navios estariam participando do ataque, com os soldados sírios invadindo as casas. Mais de cem pessoas teriam sido presas. A intensa operação em Latakia, uma cidade portuária que já foi conhecida como ponto turístico de verão, é parte da ofensiva do governo em várias cidades sírias com o objetivo de eliminar os manifestantes que querem a queda do presidente Bashar Assad. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Síriaataques

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.