Governo sírio ordena a uma comissão preparar projeto de lei de eleições

Comitê deve apresentar relatório ao primeiro-ministro em até duas semanas

Efe

11 de maio de 2011 | 12h37

CAIRO - O primeiro-ministro sírio, Adel Safar, ditou nesta quarta-feira, 11, uma resolução para a criação de uma comissão que prepare um novo projeto de lei para a realização de eleições gerais, informou a agência de notícias estatal "Sana".

 

Veja também:

blog GUSTAVO CHACRA: Levantes não seguem linha sectária

especialInfográfico:  A revolta que abalou o Oriente Médio

mais imagens Galeria de fotos: Veja imagens dos protestos na região

 

 

 

O comitê tem de apresentar os resultados do trabalho ao primeiro-ministro no prazo de duas semanas.

 

Esta medida se produz em meio aos protestos políticos contra o regime de Bashar al Assad, que em 21 de abril levaram à derrogação do estado de emergência que estava em vigor desde 1963.

 

O responsável pelo comitê disse à "Sana" que "está sendo realizado um estudo das leis árabes e internacionais para selecionar o que elas têm de melhor".

 

Ele acrescentou que consultará diversos especialistas para poder elaborar uma minuta de lei para o pleito geral similar às melhores que estão vigentes no mundo.

 

Em 21 de abril, Assad também aprovou a eliminação do Alto Tribunal da Segurança do Estado e apoiou uma nova lei que garantia o direito da população de realizar protestos pacíficos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.