Governo sul-coreano mantém maioria no Parlamento

O partido conservador da Coreia do Sul, do presidente Lee Myung-bak, conseguiu manter o controle do Parlamento por uma pequena margem, segundo números preliminares da eleição desta quarta-feira.

AE, Agência Estado

11 de abril de 2012 | 14h40

O Nova Fronteira, que domina o Parlamento desde 2008, conquistou 127 dos 246 assentos em disputa, revelaram os números. Já o liberal Partido Democrático Unido ficou com 107 cadeiras, enquanto seu aliado, o Partido Progressivo Unido, obteve seis lugares. Pequenos partidos ou candidatos independentes ficaram com outros seis assentos.

O resultado é particularmente surpreendente, levando em consideração que há apenas poucas semanas tudo indicava que os oposicionistas liberais venceriam a eleição legislativa com facilidade.

A disputa de hoje é vista como um teste para a corrida presidencial, marcada para dezembro. O mandato único de Lee, com duração de cinco anos, chega ao fim no começo de 2013. As informações são da Dow Jones e Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Coreia do Suleleições

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.